Tribuna Tech Notícias
Tecnologia

Tecnologia se adapta e molda o novo perfil de consumo no Brasil

Comércio por voz, home commerce, em que o consumidor compra imediatamente peças de roupa ou móveis dos programas que está assistindo na TV, e ‘economia do cuidado’, serviços relacionados a bem-estar e envelhecimento saudável, são algumas das tendências que devem pautar o consumo nos próximos anos. Segundo o Worth Global Style Network (WGSN), instituto internacional que usa inteligência artificial para mapear tendências, há também os interessados no mix de mundo real e virtual, com serviços e produtos que conciliam uma experiência cada vez mais omnichannel.

Mas e o Brasil? Como as empresas nacionais têm olhado para o setor e quais as tecnologias mais promissoras? Em celebração ao Dia do Consumidor, comemorado em 15 de março, destacamos algumas iniciativas que estão ajudando a moldar o novo perfil de consumo no Brasil.

Aumento da demanda de carros por assinatura

Segundo a Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA), em 2022 a modalidade de carros por assinatura cresceu cerca de 21%, totalizando mais de 110 mil automóveis alugados via assinatura. Aderindo à tendência, a Turbi, locadora de carros 100% digital, oferece um modelo flexível de assinatura, moldando o plano de acordo com a necessidade do consumidor. A empresa já oferecia aluguel por horas livres, facilitando a reserva, que é feita diretamente pelo aplicativo.

No app, o assinante encontra veículos com taxas a partir de R$17 por hora, sendo toda a operação concluída sem o intermédio de um atendente, já que os veículos são destravados por meio do aplicativo, por meio de uma tecnologia própria da empresa. “Nosso objetivo é que todas as pessoas tenham acesso facilitado a um carro no momento em que precisarem. Somos uma alternativa posicionada entre as locadoras tradicionais e os carros com motorista por aplicativo, algo único na América Latina”, aponta o CEO, Diego Lira.

Investimento em consórcio em formato atraente para jovens

Consórcios não são novidade no mercado, mas o Klubi, fintech autorizada pelo BACEN para operar como administradora de consórcios no país, traz a modalidade de investimento em uma plataforma digital, com foco em entregar a melhor experiência do usuário na aplicação.

Com créditos a partir de R$ 50 mil, a fintech vem atraindo jovens que querem conquistar o seu carro com um jornada digital e prática, muito diferente de encontros e contratos presenciais que são regra nas instituições tradicionais.“A geração Z e os millennials representam 45% da nossa base de clientes. A nossa proposta engaja esse público por oferecer uma experiência excepcional aliada a menor mensalidade do mercado para aquisição de um veículo”, aponta o CEO, Eduardo Rocha.

Biometria facial como meio de pagamento

Para atrair e fidelizar o consumidor no varejo físico, diversas lojas buscam transformar a experiência de compra de seus clientes. A Payface – startup de reconhecimento facial para pagamentos – oferece uma facilidade no momento da compra, permitindo que o consumidor pague somente utilizando o rosto.

A tecnologia da empresa permite uma identificação mais rápida que o processo normal, já que dispensa a apresentação de documentos, como o CPF para realizar a identificação no checkout. De acordo com Eládio Isoppo, CEO da Payface, a experiência do cliente é o maior propósito da fintech, que busca otimizar os processos de identificação e pagamento. “É um procedimento super prático, pois o cadastro é feito uma única vez e, a partir disso, o consumidor pode efetuar compras em qualquer estabelecimento que aceite Payface, levando poucos segundos para fazer o pagamento”, explica.

Estratégias do e-commerce para o consumidor do futuro

A WEBJUMP, empresa de transformação digital para eCommerce B2C, B2B e marketplaces, aposta em UX Design para desenvolver projetos de navegação facilitada e promover experiências de compra mais acessíveis a consumidores de todos os perfis. Com cases como Nestlé, Alpargatas, Galderma, Starbucks at Home, entre outros, a empresa integrou-se ao grupo Compass UOL para internacionalizar sua atuação.

Para o COO Erick Melo, as estratégias do e-commerce para o consumidor do futuro precisam contemplar personalização. “Independente dos recursos tecnológicos existentes no mercado em determinados nichos, o consumidor quer se sentir único para aquela loja. Empresas que não se preocuparem com isso deixarão de encantar seus clientes. A hiper personalização do e-commerce em escala – onde sua loja virtual apresenta layout único para diferentes públicos que acessam seu site -, comércio por voz, home commerce e experiência de realidade aumentada, estão cada vez mais presentes nas empresas que buscam se diferenciar e encantar seus clientes”.

Produtos personalizados para datas especiais

Comprar produtos personalizados no ambiente digital não era uma tarefa simples. Atualmente, para todos os momentos o Elo7 possui produtos especiais. São mais de 9,9 milhões de produtos organizados em centenas de categorias distintas e produzidos sob encomenda.

A marca que está desde 2008 trazendo diversas opções de produtos artesanais também tem produtos a pronta-entrega vendidos por 50 mil empreendedores de 3,7 mil cidades de todo o Brasil. “Entendemos que cada produto do Elo7 tem o poder de tornar um momento especial, porque são feitos sob medida e customizados com as características de quem vai receber, o que faz toda diferença”, reforça Carlos Curioni, CEO do marketplace.

Aplicativo para facilitar a vida dos motoristas

Quem tem carro ou moto sabe das dificuldades e burocracias com o veículo, desde a documentação, pagamento de tributos ou encontrar a oficina mais próxima para fazer a revisão. E o app Zul+, da Estapar, facilita a vida ao concentrar na palma da mão tudo o que o condutor precisa resolver sobre seu veículo.

O aplicativo foi lançado em 2017 e está disponível em todo o território brasileiro. Dentre as principais funções do app, estão pagamento e parcelamento de multas, IPVA ou licenciamento, estacionamento rotativo, tag de pedágio sem mensalidade (que permite viajar sem pegar filas) e cálculo do valor a ser pago durante a viagem. Disponibiliza ainda seguros e pagamento de abastecimento pelo Shell Box.

Além dessas facilidades, Zul+ apresenta informações do valor de mercado para compra ou venda de veículos, registro de manutenção, busca por concessionárias e postos de combustível próximos e avisos sobre o rodízio de veículos. “Muitas pessoas já não querem mais sair de casa para efetuar a compra de um produto ou serviço, aliás, nem é necessário ir até o banco para pagar uma conta, por exemplo. Com os veículos não é diferente, as pessoas buscam agilidade e nós, do Zul+, conseguimos ajudar de diferentes maneiras”, afirma André Brunetta, Diretor de Inovação e Digital da Estapar.

Experiência diferenciada para compradores de veículo

Em vez de ir até uma concessionária, comprar ou avaliar um veículo pela plataforma digital da concessionária. Na AutoForce, plataforma de Cloud Commerce para compra e venda de veículos na América Latina, tecnologias e soluções de marketing digital para o setor automotivo são desenvolvidas para oferecer ao consumidor uma jornada de compras cada vez mais omnichannel. “Queremos facilitar a vida das concessionárias e fazer com que os clientes tenham uma excelente experiência no digital. Este é um setor ainda com pouca disrupção, mas esse cenário está mudando. Já é possível no Brasil que o consumidor tenha uma experiência de compra 100% online”, afirma o cofundador e CEO Tiago Fernandes.

Related posts

Como a tecnologia ajuda a melhorar a vida das pessoas

Rollang Barros Tenis

Se cuida, ChatGPT! Meta libera tecnologia de IA de graça

Rollang Barros Tenis

As redes sociais são viciantes? Veja o que a ciência diz

Rollang Barros Tenis